Delivery de marmitas: saiba o que é preciso para começar o seu negócio

Entrega de marmitex é uma excelente solução para diversificar e aumentar a renda. Confira nossas dicas e veja como montar uma marmitaria de sucesso

Seja para comer no trabalho ou mesmo em casa, as marmitas fazem parte da vida de muita gente. Por isso, investir nesse setor pode ser uma estratégia muito lucrativa. A dúvida é: como montar marmitaria e não ser apenas mais uma?

Para se destacar nesse ambiente cada vez mais competitivo, você precisa, a grosso modo, de três coisas: um bom planejamento para executar tudo da melhor forma possível, um produto de altíssima qualidade e um sistema de delivery eficiente.

E isso é só o básico. Claro que ainda há muita coisa que você precisa saber para deslanchar com o seu delivery de quentinhas. Vamos a elas?

O que preciso para começar a vender marmitex?

Com o crescimento no mercado de serviço de entrega de marmita e as ferramentas certas, você também pode lucrar investindo nesse setor. 

A arte de fazer marmitex para vender exige alguns equipamentos básicos. Claro que tudo depende do tamanho do seu negócio, do número de clientes e do fluxo de produção. 

Para começar, são necessários os seguintes itens:

  • fogão industrial;
  • freezer para armazenamento dos produtos perecíveis;
  • geladeira;
  • liquidificador;
  • multiprocessador de alimentos;
  • forno;
  • micro-ondas;
  • extrator de sucos;
  • batedeira;
  • fritadeira elétrica industrial;
  • marmiteiro para manter a comida quente até o momento da entrega;
  • utensílios de cozinha em geral (talheres, panelas, travessas, vasilhas);
  • aventais, luvas, toucas e máscaras;
  • local para montar as marmitas, como uma mesa ou bancada;
  • embalagens reforçadas para transportar os alimentos ou máquina para fechar o marmitex;
  • mochilas térmicas e entregadores.

Quanto vou gastar para montar uma marmitaria?

fazer marmitex para vender

Segundo uma estimativa do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), o investimento inicial para trabalhar com marmitex delivery é de, em média, R$ 12 mil.

Esse valor foi calculado em um estudo de negócio que teve como base uma empresa considerada pequena, cuja capacidade de produção seria de 20 a 30 quentinhas por dia. 

Agora, se você estiver pensando em começar o negócio na sua casa, o investimento pode ser um pouco menor, cerca de R$ 4 mil

São muitos os fatores que influenciam nesses cálculos, como quantidade de utensílios, marca dos equipamentos, quantidade de funcionários, tamanho do empreendimento, entre outros. Por isso, determinar exatamente o quanto você vai gastar depende de muita coisa.

De qualquer forma, é possível montar o seu negócio e começar a vender. Vamos mostrar o passo a passo para montar sua marmitaria a seguir. Confira!

Cardápio online grátis

Digitalize o seu cardápio e comece a vender online com o Kyte!

Baixe grátisBaixe grátis

Marmitex delivery: como montar uma marmitaria?

É difícil estimar com certeza o investimento necessário em razão de diversos fatores. Independentemente disso, saiba que é possível montar uma marmitaria com pouco dinheiro (em comparação aos investimentos necessários para começar outros negócios).

Veja abaixo o que você precisa ter em mente para estruturar o seu delivery de quentinhas.

Faça um planejamento completo do negócio

Levante todos os custos necessários para colocar a marmitaria de pé e elabore um plano de ações para conseguir realizar todas as tarefas. Uma forma prática e organizada de fazer isso é utilizando o método Canvas.

Procure também levantar alguns problemas que podem surgir no caminho. Assim, você consegue montar um plano de emergência para lidar com situações de crise e reduzir os danos.

Outra dica excelente antes de iniciar o seu negócio é observar os concorrentes para aprender com eles. Veja o que fazem e como fazem. Tome isso como uma rica fonte de inspiração.

Pense em todo o investimento necessário

Tenha em mente tudo que você precisará comprar em termos de equipamentos, utensílios e, claro, produtos de qualidade para preparar as marmitas. Além disso, siga acompanhando de perto todas as movimentações financeiras da sua empresa.

E não se esqueça de que imprevistos acontecem. Logo, é importante contar com uma gordurinha no caixa para situações em que máquinas quebram, receitas dão errado, entre outras.

Se possível, não se limite

delivery e entrega de marmitas

Se você pensa em abrir um ponto físico, considere também vender online. Se pensa em fazer as vendas pela internet, não deixe de cogitar a possibilidade de abrir uma loja física. Integrar essas duas modalidades é um passo para o sucesso.

Por isso, pesquise bastante antes de escolher o local da sua marmitaria. Uma área de intensa movimentação, por exemplo, pode ser mais fácil para atrair um número grande de clientes.

Com relação à venda online, escolha um sistema de delivery eficiente e que facilite o seu trabalho. Hoje em dia, não é muito complicado. Dá até para fazer isso usando um sistema via WhatsApp.

Defina o seu público-alvo

Você pode escolher vender de forma mais ampla e geral, para pessoas que estão em horário de almoço, por exemplo, e não têm muito tempo para comer. Também pode trabalhar com marmitas fit, voltadas para quem busca refeições vegetarianas ou veganas. A escolha é sua.

Monte um cardápio de marmitex irresistível

Após definir o seu público-alvo, é hora de você pensar em como chamar a atenção dessas pessoas para o seu produto e a sua empresa. Há muitas maneiras de se pensar em um cardápio para marmitex. Uma das mais comuns é trabalhar com uma sequência semanal (toda segunda tem a combinação 1, toda terça, a combinação 2, etc.).

Apesar dessa variação, também é importante oferecer mais de uma opção de marmita por dia. O ideal é trabalhar com umas 3 opções (por exemplo, uma com carne vermelha, outra com frango e outra com peixe), mas isso vai depender do seu público-alvo.

Preste atenção aos detalhes

Quando se trabalha com alimentos, tudo conta: criatividade na apresentação do prato, qualidade da embalagem, aparência dos alimentos e, mais do que tudo, higiene no preparo e no transporte.

Qualquer erro passado despercebido pode ser fatal para o seu negócio. Por isso, tenha muito cuidado em todas as etapas. Preze por um serviço excelente e seu estabelecimento sempre será lembrado e recomendado.

💻 Ainda não tem um site para o seu negócio? Crie um agora mesmo com o Kyte. Monte o cardápio da sua marmitaria e comece a vender online. 🍽️

Trabalhe para fidelizar o cliente

como vender um marmitex

Por mais simples que pareçam, algumas pequenas atitudes podem fazer toda a diferença para o consumidor:

  • um recadinho na sacola; 
  • um cupom promocional; 
  • um brinde; 
  • um desconto para quem consome com frequência. 

Coisas assim pesam bastante na experiência do cliente e contribuem para ele voltar a consumir.

Invista também na divulgação do seu negócio nas redes sociais. Aprenda a trabalhar a imagem dele a partir de estratégias de marketing. Isso não requer um investimento pesado e o retorno pode ser muito significativo.

Estude e se atualize sempre

O mercado está sempre mudando e exigindo novas estratégias. Por isso, busque se atualizar constantemente quanto a novas práticas e tendências no setor, conquista de novos clientes, fidelização de quem já compra com você, inovação de negócio e administração de investimentos.

Use um sistema para gerenciar pedidos e delivery

Procure ferramentas e aplicativos para facilitar o seu trabalho e a gestão do seu negócio. Considere também alternativas sustentáveis para fazer as suas entregas. Em outras palavras, não se limite apenas a usar plataformas como iFood e Uber Eats. 

Elas podem ser ótimas oportunidades de a sua marmitaria ganhar visibilidade, mas cobram taxas de comissão sobre os pedidos, o que pode acabar prejudicando ou mesmo inviabilizando o seu negócio.

Conclusão

Agora que você aprendeu como montar marmitaria, basta seguir as nossas dicas para decolar com o seu negócio. Faça um bom planejamento para não se perder na execução das tarefas e acompanhe de perto as movimentações da sua empresa.

Conte com um sistema que caiba no seu bolso, que seja eficiente e evite dores de cabeça. Alguns apps de venda, como o Kyte, oferecem um serviço bem completo, com controle de estoque, ponto de vendas (PDV) e até controle de fiado.

E para te ajudar ainda mais, veja como criar um sistema de entrega independente para o seu marmitex delivery e ampliar o seu faturamento.

Tags relacionadas:

Cardápio online grátis

Quero baixar o appQuero baixar o app
Para pequenos negócios e vendedores.
APRENDA MAIS

Conteúdos em destaque