Como planejar rotas de entrega?

O planejamento de rotas é crucial para atender o prazo de entrega e reduzir os gastos da operação logística
Publicado: 
14/3/2022
|
Atualizado:
14/3/2022
Tempo de leitura:
10 minutos
Quer receber nossos conteúdos direto no seu e-mail?
Você se cadastrou com sucesso!
Oops! Something went wrong while submitting the form.

O cálculo da rota de entrega é fundamental para uma operação mais eficiente. Esse processo permite aumentar o número de entregas feitas, torná-las viáveis financeiramente para a empresa e diminuir as chances de erros.

Fazer o planejamento de uma rota de entrega não é simplesmente traçar o caminho e enviar o motorista. Existem diversas variáveis que podem interferir na execução do processo logístico. 

Neste artigo, você vai descobrir a importância dessa prática estratégica e como utilizá-la no seu negócio. E se você se interessa pelo assunto, confira como calcular a taxa de entrega no seu delivery.

Por que criar uma rota de entrega?

Planejar uma rota de entrega é fundamental para conseguir definir o percurso mais eficiente, ou seja, o melhor caminho em termos de deslocamento e com um custo reduzido

Para calcular uma rota, são considerados alguns fatores, como pontos de partida e de chegada, e as vias de passagem durante a viagem. Além disso, também é necessário avaliar as exigências do pedido e a organização dos veículos

Diante disso, deve-se levar em consideração certas variáveis que podem interferir no resultado do planejamento da rota. Veja as principais:

  • prazo de entrega;
  • tipo de carga a ser transportada;
  • capacidade do veículo de transporte;
  • fluxo de trânsito; 
  • distância entre os pontos de paradas;
  • tempo de descarregamento.

A partir desses fatores, você tem em mãos as informações necessárias para iniciar o planejamento das entregas ou coletas de produtos.

Qual é a melhor opção: rotas manuais ou automatizadas? 

rotas de entrega: como planejar

Para viagens simples, ou no caso de empresas pequenas, com operações menores, fazer a roteirização manualmente é uma possibilidade. Porém, é preciso planejar com cuidado para que se obtenha um resultado satisfatório e não haja erros. 

Por outro lado, quanto maior for a empresa, mais complexas são suas operações, tornando muito difícil a execução manual dessa atividade. 

A solução, então, é automatizar o processo, com a adoção de um software de planejamento de rotas – também conhecido como roteirizador.

Digitalize seu negócio agora

Como Kyte, você tem todas as ferramentas para vender mais e gerenciar melhor seu negócio. Um app de pedidos online e delivery completo!

Comece agora gratuitamente

Dicas para calcular rotas manuais 

Realizar o cálculo de rotas manualmente é uma tarefa complexa, que exige tempo e abre margem para muitos erros, principalmente no que se refere ao cumprimento do prazo de entrega e custos da operação.

No entanto, com as estratégias certas, é possível planejar rotas de entrega. Veja algumas dicas para otimizar esse processo na sua empresa. 

1) Faça um planejamento

Organização é palavra de ordem quando se trata de gestão de entregas. O primeiro passo é separar todos os pedidos da semana. A partir disso, monte o seu roteiro de entrega com base no agrupamento das paradas localizadas mais próximas entre si. 

Outro ponto importante é, na hora de carregar os carros, não se esquecer de agrupar no mesmo veículo os pedidos que serão entregues em destinos próximos. Isso ajuda a otimizar o tempo de entrega. 

Mais uma dica valiosa: crie um checklist para facilitar o acompanhamento e não esquecer de itens importantes para aproveitar ao máximo a sua frota.

2) Monitore os prazos de entrega

Atraso nas entregas está entre os maiores índices de reclamações dos clientes. Para que isso não aconteça, o processo de cálculo de rota deve estar de acordo com os prazos informados.

Só assim será possível garantir o cumprimento deles e deixar os consumidores satisfeitos. Não se esqueça de levar em conta este critério na hora de organizar seus pedidos.

3) Conheça o percurso 

planejamento de rota de entrega

Criar uma roteirização manual sem conhecer o percurso da viagem pode ser um pouco complicado e arriscado. Você até consegue fazer, mas é altamente indicado saber os locais por onde a frota vai passar.

Isso porque percorrer por vias não pedagiadas, ou seja, estradas que não costumam estar em boas condições, contribui para uma maior deterioração dos veículos, aumentando os custos com manutenção. 

Sem falar da segurança da carga durante o trajeto. Afinal, se você não conhece a região por onde a frota vai passar, fica difícil garantir a integridade dos produtos.

Vale ressaltar que o fato de o motorista conhecer o caminho não resolve questões como ficar parado no trânsito. Às vezes, atalhos e caminhos alternativos podem aumentar o tempo do percurso, levando a um atraso na entrega e a um gasto maior de combustível.

O GPS pode ser uma opção para ajudar a guiar o motorista. Contudo, ele não é indicado para resolver problemas de roteirização, já que traça apenas o caminho até o destino e não considera outras variáveis que impactam no planejamento de entregas e coletas. 

4) Monitore a operação 

Com as rotas definidas e concluídas, fazer o acompanhamento do serviço de entregas é fundamental, tanto para otimizar as rotas quanto para ter noção do desempenho da equipe externa. 

Esse trabalho também impacta na satisfação do cliente, pois você pode saber se a entrega está dentro do prazo e se os produtos chegaram em condições adequadas ao destino. 

Hoje em dia, existem diversas ferramentas que ajudam os gestores a monitorar tudo que acontece na operação em tempo real. 

As vantagens das rotas automatizadas

como planejar rotas de entrega

Como você viu, criar uma rota manual é um processo muito complexo. Por isso, o recomendado é fazer uso da tecnologia para facilitar e garantir melhores resultados

Ao utilizar um sistema de roteirização, você não apenas otimiza o percurso a ser realizado pelos entregadores, como também reduz o uso de recursos utilizados, como veículos, combustível, manutenção e funcionários.

Isso gera uma economia para os negócios e permite que a empresa realize uma quantidade maior de serviços, aumentando a lucratividade. E você pode fazer tudo por meio de um computador e com apenas alguns cliques. 

Use a tecnologia ao seu favor

A Vuupt, por exemplo, é uma plataforma de roteirização e gestão de entregas. Com este sistema, é possível planejar rotas, executar e analisar todo o processo de entregas, coletas ou prestação de serviços em tempo real. E o melhor, com alto nível de tecnologia, praticidade e baixo custo

Um dos maiores benefícios de automatizar a roteirização no seu negócio é a garantia de dados atualizados e confiáveis, que fornecem informações importantes para a tomada de decisões estratégicas. 

Desta maneira, todos se beneficiam com o processo: quem programa as rotas, motoristas e gestores. Toda a equipe ganha em produtividade e o retorno sobre o investimento é muito maior.

E se modernizar a gestão das entregas já traz tantos benefícios, imagine digitalizar seu negócio por completo? Com o app de pedidos online e delivery Kyte, você tem um sistema de PDV completo com tudo o que você precisa para fazer seu negócio decolar.

Este post foi produzido pela equipe da Vuupt, uma plataforma especializada em roteirização e gestão de entregas e coleta.

Gostou da matéria?
Você se cadastrou com sucesso!
Oops! Something went wrong while submitting the form.
Digitalize seu negócio agora
Quero baixar o app
Para pequenos negócios e vendedores.