Venda_Mais

Guia Completo de Como criar um Sistema de Delivery

Quer expandir o seu negócio de gastronomia, mas ainda não sabe como? Aposte em seu próprio sistema de delivery para aumentar suas vendas e fidelizar clientes. Neste artigo, você conhecerá todos os passos necessários para iniciar nesse ramo.

As tecnologias avançam em ritmo cada vez mais acelerado. Os canais digitais crescem e para tornar tudo ainda mais complexo, marcar presença em redes como Facebook, Instagram e WhatsApp já não é mais o suficiente.

Se você está pensando em criar seu próprio serviço de delivery ou se já possui o seu próprio restaurante, bar ou lanchonete e quer faturar com a Internet,é precisoestar atento a uma coisa: entregar valor aos seus clientes.

Uma das formas mais fáceis alcançar isso é através da criação de um sistema com sistema próprio de delivery.

Ao contrário de plataformas como iFood e UberEats, onde de um lado você soluciona uma parte do problema oferecendo maior conveniência aos clientes, de outro você perde muito ao não conseguir fidelizá-los com um atendimento personalizado.

Por isso, além saber e ter acesso ao contato de quem está comprando com você, a criação de um sistema delivery destaca o seu empreendimento da concorrência tornando o seu negócio muito mais atrativo.

Ainda assim, empreendedores e empreendedoras do setor alimentício tardam em criar seu próprio sistema de delivery por não terem acesso à uma plataforma simples e informações objetivas mostrando tudo que você precisa saber (e ter) antes de investir nesse campo.

O que é um sistema de delivery?

Um sistema de delivery é uma plataforma digital (site ou aplicativo) onde seus clientes realizam pedidos tanto para entrega quanto para retirada no balcão. Através do celular, tablet ou computador, o cliente escolhe os pratos, lanches, bebidas ou doces que deseja adquirir, cadastra seus dados para contato e entrega, e seleciona um meio de pagamento.

O estabelecimento por sua vez recebe uma notificação com as informações sobre o pedido para que possa ser iniciado o processo de preparação do mesmo.

Sistemas de delivery mais atuais, como é o caso do aplicativo Kyte, permitem ao usuário mapear todas as etapas do preparo do pedido, desde a confirmação de recebimento à etapa de finalização e saída para entrega. Essa organização permite ao estabelecimento desenhar sua estratégia de delivery da maneira mais eficaz possível, além de manter o cliente informado sobre o andamento do seu pedido.

Por que ter um sistema de delivery?

Seria possível responder essa pergunta em uma única palavra: controle.

Como todos os pedidos ficam registrados no sistema, é possível ter um maior controle das vendas registradas e os valores que entraram e entrarão no caixa. Além disso, você também ganha uma linha direta de contato com o cliente, podendo se comunicar com ele via WhatsApp para enviar informações sobre o pedido ou uma cópia digital do recibo.

Outro vantagem é a possibilidade de fidelizar novos clientes oferecendo um atendimento mais próximo e diferenciado, podendo enviar promoções com base em compras passadas ou até descontos exclusivos.

Você também agrega muito valor para o cliente, que ganha comodidade ao poder pedir pelo celular; segurança ao realizar o pagamento online; e transparência ao acompanhar toda a rota de entrega do prato solicitado.

Como montar seu sistema delivery

Um número cada vez maior de empreendedores e empreendedoras estão optando por trabalhar exclusivamente com um sistema de delivery. No entanto, é importante tomar alguns cuidados na etapa de planejamento, para garantir que seu delivery seja um sucesso com avaliações positivas nas redes sociais.

A operação de delivery é uma opção cada vez mais atraente por conta do baixo custo inicial para quem está começando e de uma grande redução dos custos de estrutura, como aluguel de um espaço que comporte diversas pessoas ao mesmo tempo e uma equipe para o atendimento e retirada de pedidos nas mesas para quem já possui um estabelecimento.

Muitas famílias iniciam suas operações na cozinha da própria casa, geralmente em duas pessoas onde uma comanda a preparação dos pedidos e a outra realiza as entregas.

Com as ferramentas certas e um olhar atento para o universo digital, criar sua própria operação de delivery está ao alcance de todos. Abaixo, listamos algumas dicas de como criar o seu próprio sistema de entregas.

Crie o seu sistema de delivery

Com o Kyte você cria um sistema delivery com cardápio online, gestão de pedidos, PDV e muito mais em poucos minutos.

Baixe grátis

1. Faça uma pesquisa de mercado

Hoje em dia, realizar uma pesquisa de mercado é bastante simples. Basta você entrar no Google, Facebook e Instagram para observar quem são/serão seus concorrentes e as opções de de produtos e serviços de delivery que eles oferecem na região. Assim fica mais fácil identificar o diferencial que você pode oferecer ao público.

Uma dica: muitas pessoas adaptam pratos familiares ou comidas típicas de suas regiões para oferecer no delivery e ganhar tração rápida no mercado local.

2. Monte seu cardápio

Após definir seu público, chega a hora de escolher os pratos que irão compor o seu cardápio.

Caso você já tenha um restaurante, é importante lembrar que nem tudo que você oferece no seu estabelecimento precisa também ser oferecido para delivery. Pois além de um estoque maior, você acabará precisando contratar novos funcionários para administrarem a operação.

O ideal é começar com seus pratos principais e ir experimentando para ver o que faz sucesso (e o que não faz) com o seu público.

Muitos empreendedores trabalham com uma mudança regular do cardápio e recorrem às redes sociais para interagir com os clientes e entenderem o que faz sucesso.

É também preciso levar em conta o tempo de transporte, o tipo de embalagem que vai ser usada e a apresentação que chegará nas mãos dos clientes.

3. Organize sua estrutura

Pensar na estrutura física assim como a organização dos processos de produção antes de abrir seu delivery é muito importante.

Sua cozinha está preparada para o delivery? Você possui um espaço grande o suficiente para montar os pratos? E a geladeira, aguenta manter os itens frescos e na temperatura desejada?

Essas são apenas algumas das perguntas que você precisa responder antes de colocar seu delivery no ar.

Caso você já possua um estabelecimento, o ideal é separar as operações entre presencial e delivery. Assim, você conseguirá oferecer um atendimento de melhor qualidade para os dois tipos de público.

Além disso, outro aspecto essencial é o de idealizar e mapear todo o processo de preparação, desde a confirmação do pedido até a entrega, para evitar surpresas e experiências negativas por parte dos clientes. Felizmente existem apps como o Kyte que podem te auxiliar com a gestão dos pedidos, organização de processos e, acima de tudo, te oferecer uma plataforma para vendas pela Internet.

4. Pensa na embalagem

Este é um ponto pouco trabalhado pela maioria dos estabelecimentos. A embalagem além de ser exercer o papel funcional de manter o alimento na temperatura e textura ideal, ela é também o primeiro ponto de contato físico entre o cliente e o seu estabelecimento.

Pense na embalagem como um embrulho para presentes: uma bela apresentação é extremamente importante e é a diferença entre o cliente publicar uma foto do seu pratos em suas redes sociais ou não.

5. Estruture a entrega

Hoje em dia existem diversas modalidades de entrega:

- motoboy próprio quando você mesmo realiza as entregas ou contrata alguém fixo para realizá-las;

- motoboy freelancer que trabalha por entrega ou dia;

- motoboy terceirizado contratado a partir de uma empresa especializada em entregas;

- e o motoboy de aplicativos.

Se você está abrindo seu delivery agora e possui acesso a uma moto, por uma questão de redução de custos o ideal seria que alguém próximo realizasse as entregas. No entanto, uma outra opção é contratar um motoboy terceirizado. A contratação acontece a partir de uma empresa especializada onde você acorda um preço fixo para o dia de trabalho do entregador.

6. Idealize o Marketing

Como já dizia o ditado, "a propaganda é a alma do negócio". E no universo digital isso se torna ainda mais verdadeiro.

Por isso, além de criar perfis em redes sociais como Facebook e Instagram, aproveite também para pensar uma estratégia de conteúdo com foco em boas fotos de apresentação dos seus pratos e vídeos curtos contando um pouco o dia a dia do seu negócio, mostrando a cozinha, os cuidados e o seu diferencial.

7. Escolha as Plataformas de Pedidos e Delivery

Quando falamos em plataformas de delivery, você normalmente possui duas opções:

Opção número 1: Aderir à serviços como iFood, UberEats e outros aplicativos;

Opção número 2: Criar seu próprio sistema de delivery.

Estar presente em plataformas como iFood e UberEats pode ser uma excelente forma de atrair clientes iniciais. Para garantir o sucesso do seu negócio, é preciso tomar alguns cuidados e levar algumas coisas em consideração:

- É preciso antes assegurar que você possui estrutura para aguentar grandes volumes de pedidos;

- É preciso também levar em consideração o fato de que essas plataformas cobram comissões entre 15 e 30% do valor de cada pedido;

- Outro ponto importante é que você não tem acesso às informações do cliente, o que dificulta o seu trabalho de fidelização.

Já criar o próprio sistema pode ser caro e levar bastante tempo, principalmente se você contratar uma agência para desenvolver o seu site.

Felizmente existem aplicativos como o Kyte, que permitem você criar gratuitamente o seu próprio sistema de delivery com site, cardápio digital e sistema de PDF em poucos minutos.

O Kyte, além de não cobrar comissões por seus pedidos, ainda possui integrações com Facebook e Instagram para que você possa oferecer aos seus clientes uma excelente experiência de compra pelas redes e também se beneficiar da exposição de seus marketplaces.

Nossa dica é que você esteja presente nos aplicativos de delivery para adquirir novos clientes, mas que aproveite o momento da entrega para informá-lo sobre o seu próprio sistema. Assim você garante crescimento sustentável para o seu negócio e aumenta suas chances de fidelizar e agradar seus clientes.

Crie o seu sistema de delivery

Quero baixar o app
Para pequenos negócios e vendedores.
APRENDA MAIS