O que é preciso para ser uma empreendedora de sucesso em 2021

Saber lidar com pressões externas, frustração e ansiedade é fundamental para conseguir administrar um negócio

Ter um plano de negócio e uma certa quantia de dinheiro é o kit básico para qualquer pessoa que queira empreender. No entanto, também é preciso se atentar a alguns pontos específicos, principalmente psicológicos.

No caso das mulheres, deve-se procurar uma forma de conciliar a vida pessoal com o trabalho sem se sentir culpada por estar com um ou outro, ter paciência até que as coisas comecem a acontecer e, principalmente, saber lidar com pressões externas.

Autoconhecimento

Faça uma análise de si mesma e encontre o seu talento. Determine os motivos que te levam a querer empreender e qual produto ou serviço pretende oferecer.

Autoconfiança

Confie em você, no seu talento e no seu trabalho. Não deixe que os obstáculos diminuam a sua motivação, e não se sinta inferior por críticas ou pressão das pessoas ao falarem sobre o seu negócio.

Conexões e investimentos

Mantenha uma rede de contatos com os quais você possa aprender e crescer, e saiba lidar com o dinheiro da sua empresa. Se acha que ainda não entende o suficiente, basta aprender. Depois disso, confie nos seus conhecimentos e na sua capacidade.

Paciência e persistência

Tenha em mente que as coisas não acontecem do dia para a noite. O seu trabalho e o seu esforço precisam estar alinhados com expectativas realistas. Para isso, controle a sua ansiedade e tenha paciência. Só não vale desistir. Seja paciente e persistente.

Vendas, Estoque e Loja Virtual

O Kyte oferece um Ponto de Vendas no celular e uma loja virtual para vender no Instagram, Facebook e WhatsApp!

Baixe grátis

Adaptação

Não se pode começar um negócio sem um plano, mas também não se deve ficar preso a ele. O planejamento serve como um mapa para te guiar e mudar de rota faz parte. Esteja aberta a mudanças e disposta a se adaptar.

Aprendizado

Não se acomode. Procure sempre aprender mais, entender melhor os processos que envolvem o seu negócio e se aprimorar. Quanto maior o conhecimento, mais inteligente será o planejamento e mais acertadas serão as decisões.

Cursos online e gratuitos do Sebrae

Aprenda a explorar a internet da melhor maneira possível para o seu negócio em meio à crise, a aprimorar sua presença nas redes sociais e a aumentar o número de pessoas que visitam os seus canais de venda.

Entenda a importância de interagir com os seus clientes, de monitorar os resultados de suas ações e estratégias, e como o marketing digital pode te ajudar a crescer.

Este é para quem tem apenas uma ideia e quer saber como desenvolvê-la. Você vai aprender os conceitos básicos de empreendedorismo, marketing e finanças – essencial para quem está começando na área.

Saiba como fazer um planejamento eficiente e que te auxilie na jornada empreendedora. Entenda o momento em que você se encontra, onde quer chegar e o que deve fazer para atingir os seus objetivos.

Aprenda sobre os tipos de financiamento, a captar recursos e a elaborar as melhores estratégias para o seu negócio.

Saiba como analisar e controlar as atividades financeiras do seu negócio, maximizar os resultados e administrar o fluxo de caixa e estoque.

Iniciativas para mulheres empreendedoras

  • Instituto Rede Mulher Empreendedora
    A organização sem fins lucrativos criada em 2017 promove geração de renda para mulheres por meio do empreendedorismo e empregabilidade. Um dos projetos em desenvolvimento é Elas Prosperam, que incentiva o empreendedorismo e a educação financeira para o público feminino.
  • We Impact
    Fundada em 2019, a We Impact é uma venture builder (constrói outras empresas com recursos próprios) voltada para mulheres fundadoras de startups. O grupo afirma que já investiu mais de R$ 1 milhão no empreendedorismo feminino tecnológico.
  • Instituto Lojas Renner
    Foi criado em 2008 com o objetivo de promover a inserção da mulher no mercado de trabalho. O instituto apoia ações sociais empreendedoras desenvolvidas por organizações da sociedade civil.
  • Wishe Women Capital
    O grupo é um hub de investimentos focado em startups lideradas por mulheres. Ele une estes negócios a investidoras e investidores que buscam um retorno financeiro atrelado à transformação socioeconômica coletiva.
  • Mulheres Investidoras Anjo (MIA)
    O projeto foi fundado em 2013 com o objetivo de incentivar o investimento anjo (feito por pessoas físicas com capital próprio em startups) feminino e apoiar a entrada de mulheres como investidoras e empreendedoras de startups.
  • Consulado da Mulher
    Criado em 2002, o instituto é uma ação da Consul que incentiva o empreendedorismo feminino em todo o país por meio de assessoria na gestão de micro negócios e cursos de capacitação.

Tags relacionadas:

Vendas, Estoque e Loja Virtual

Quero baixar o app
Para pequenos negócios e vendedores.
APRENDA MAIS

Conteúdos em destaque