Facebook, Instagram, Youtube...Afinal, qual a melhor rede social para seu negócio?

Se você faz parte dos 139,1 milhões de brasileiros que acessam as redes sociais, sabe que é lá o melhor lugar para divulgar seu negócio e atrair compradores.

10 minutos

Você começou seu tão sonhado negócio e agora? Como atrair os compradores?

Se você faz parte dos 139,1 milhões de brasileiros que acessam as redes sociais, sabe que é lá o melhor lugar para divulgar seu negócio e atrair compradores. Mas se ainda não faz parte desse grupo, é hora de começar.

Mas antes de sair correndo criando perfis comerciais em todas as redes sociais existentes, respire fundo e leia o que tenho para dizer sobre isso. Apesar de tentador, é preciso escolher as redes que mais tem a ver com seu comércio e nas quais você poderá atender aos seus clientes com total qualidade. O perfil profissional será ao mesmo tempo um canal de relacionamento e uma vitrine. Por isso, você precisa pensar em alguns pontos importantes:

  • Sendo uma vitrine, as fotos e textos precisam estar bem feitos e atraentes.
  • Se você não puder contratar um profissional para produzir suas fotos, procure informar-se sobre formas de fotografar com mais qualidade, usando seu celular.
  • Muita atenção à gramática. Erros na escrita podem chamar mais atenção de quem o lê do que o próprio conteúdo, mesmo que seja muito bom. É sempre bom ter alguém de fora lendo seus textos e, se possível, revisando (Não se acanhe! Todos os meus textos também passam por uma revisão gramatical antes de serem publicados).
  • Faça postagens sobre os produtos e serviços que você oferece e de assuntos relacionados ao seu valor subjetivo. Por exemplo: se vendo alimentos naturais, posso falar ou compartilhar posts sobre saúde, exercícios e beleza.
  • Em hipótese alguma escreva ou compartilhe conteúdos sobre política ou religião. Eles devem estar em seu perfil pessoal, a não ser que você queira limitar suas vendas para religiosos ou partidários específicos.
  • Como este também será um Canal de Relacionamento, jamais deixe de responder os comentários e as mensagens enviadas diretamente pelos clientes.
  • Se o cliente enviou uma mensagem privada, procure responder sempre no horário determinado e o mais rápido possível.
  • Caso a mensagem tenha sido enviada fora do horário de atendimento, crie uma resposta automática para que ele saiba a que horas você estará online para responder.
  • Se é importante responder aos comentários de forma geral, àqueles com reclamação ou sugestões requerem ainda mais atenção e rapidez na resposta. Para ajudar, vou deixar o link sobre o assunto ao final do texto.

Reflita sobre esses pontos acima e escolha sua estratégia de marketing definindo em qual ou quais redes sociais pretende criar um perfil profissional. Para te ajudar, vou listar as preferidas dos brasileiros por ordem de número de usuários, citando os pontos fortes de cada uma delas. Espero que ao final do texto esteja claro para você qual rede social mais tem a ver com seu produto ou serviço.

YouTube

Segundo o relatório da agência We Are Social (link ao final do texto) sobre dados de acesso mundial à internet no mês de janeiro, o YouTube tem o primeiro na preferência dos brasileiros. Isso não significa mais pessoas, mas sim, a rede social em que os brasileiros passam mais tempo.

Principais Recursos

  • Você pode criar um canal próprio e configurá-lo de forma profissional.
  • É um excelente meio para divulgar produtos de uso mais complexo e engajar clientes.
  • É possível realizar transmissões ao vivo e interagir em tempo real com seus clientes ou qualquer outra pessoa que esteja assistindo sua live.
  • O YouTube oferece recursos de interação como: as enquetes que aparecem na tela no momento em que você determina durante a edição, a indicação de outros vídeos, o convite para tornar-se um seguidor e os comentários;
  • Os vídeos publicados no YouTube podem aparecer em resultados de buscas do Google.

Pontos de atenção

  • Diferente de outras plataformas, não há o recurso de mensagem instantânea ou chat.
  • Como as notificações são menos visíveis, a demora na resposta de comentários pode ser maior que em outras rede.
  • Seu maior benefício é também seu principal ponto de atenção: um vídeo ruim pode viralizar muito mais do que um que contenha conteúdo relevante. E, depois de viralizado, fica difícil controlar as visualizações.

Perfil dos usuários

Em julho de 2017, o Google publicou um relatório sobre as principais tendências dos consumidores no YouTube. Três segmentos ganharam destaque:

  • 96% dos jovens brasileiros entre 18 e 35 anos acessam o YouTube;
  • 60% das pessoas acima de 36 anos que assistem conteúdos de música, gastronomia, moda & beleza, gaming e futebol no YouTube acessam a plataforma uma vez ou mais por dia;
  • E 10% das pessoas que consomem conteúdos na plataforma se declaram LGBT+.

Facebook

Essa é a segunda rede social em percentual de usuários no Brasil. Diferente de seu perfil pessoal, quando você cria uma Fanpage (o perfil profissional do Facebook) não tem “amigos” e sim “fãs e seguidores”. Um bom começo para entender o que você deve ou não publicar.

Principais recursos

  • Funciona como uma vitrine.
  • Você pode criar uma loja e negociar a venda de produtos pelo facebook.
  • As publicações podem ser em texto, foto e vídeo (sem limite de tempo).
  • Possibilidade de transmitir vídeos ao vivo (Facebook Live) e interagir com seus seguidores em tempo real pelos comentários.
  • Atendimento via mensagem de chat com possibilidade de resposta automática (Chatbot).

Pontos de atenção

  • Os comentários são bem visíveis. Caso receba um comentário negativo, ele ficará exposto para um grande número de pessoas. Por outro lado, se o comentário for positivo, este fator pode ajudar.
  • Seus posts são facilmente compartilhados. Por isso sua atenção ao que vai publicar e escrever deve ser redobrada.

Perfil dos usuários

Enquanto a média mundial de usuários é masculina, no Brasil 54% dos perfis no Facebook define-se como feminino. Noventa milhões de usuários tem entre 18 a 44 anos.

O infográfico abaixo foi feito a partir do Relatório We Are Social de janeiro de 2018, que levanta dados de uso da internet e redes sociais mundialmente, por região e país:

Whatsapp

O uso do whatsapp para interagir com outras pessoas é a terceira rede social mais utilizada pelos brasileiros, segundo o We Are Social.

Principais Recursos

  • Possui perfil comercial.
  • Chatbot para resposta automática configurável;.É possível acessar via desktop.
  • Realiza chamadas por voz ou vídeo.
  • Compartilhamento de arquivos, fotos, vídeos e áudios.
  • Permite apagar mensagens em até 9 minutos após envio.
  • Além dos recursos, vale destacar que as possibilidades de interação aumentam muito.

Pontos de atenção

  • Separe bem o uso pessoal do profissional.
  • Atenção na hora de escrever para não passar uma mensagem pouco clara ou até inapropriada.
  • Atenção ao horário de envio de mensagens.
  • Se o recurso de resposta automática não estiver ativado, o cliente pode sentir-se ignorado caso você não responda a mensagem rapidamente.

Perfil dos usuários

Não encontrei dados específicos sobre o Whatsapp além do número de usuários no Brasil divulgado em maio de 2017: 120 milhões (mais da metade da população brasileira).

Instagram

Essa é a quarta rede social mais querida pelos brasileiros:

Principais Recursos

  • Possui perfil comercial.
  • Chatbot com resposta automática.
  • Integração com o Facebook para publicações.
  • Link para sua loja no Facebook Store, facilitando a venda de produtos.

Pontos de atenção

  • É a rede social mais focada em imagem, por isso nem pensem em publicar fotos com uma resolução ruim.
  • Não é possível criar links na publicação, somente na Bio (apresentação no perfil).

Perfil dos usuários

  • A maioria são mulheres, 59% contra 41% de homens.
  • Segundo levantamento da ComScore, 86% das pessoas que passam mais tempo no Instagram tem entre 18 e 34 anos.

Agora que você já conhece um pouco de cada rede social, preste atenção ao seu público alvo e defina aquela que melhor se encaixa ao perfil definido.

Links citados no texto

Kyte | Aplicativo de vendas pelo celular

We Are Social | Relatório de acessos às redes sociais em janeiro de 2018

Blog Programa NEX | Post “Como responder às reclamações de clientes insatisfeitos”

TÓPICOS
AUTOR

Leia também...